Marcado: hamburgueria

Kharina e o novo cardápio

Nos meus tempos de infância (há uns 10 anos), o Kharina era um ótimo lugar pra se fazer um lanche: preço bom, ambiente idem, comida gostosa e um cardápio tradicionalmente americano. Acontece que, com o passar do tempo, foram surgindo outras lanchonetes com o cardápio melhor, ambiente mais agradável e com o preço não muito diferente (não que esses lugares sejam baratos, mas é que o preço do Kharina aumentou ao longo do tempo). Resultado: não que a comida fosse ruim, mas simplesmente não compensava mais comer ali se logo ao lado tinha uma opção melhor.

Antes tarde do que nunca, a reformulação do lugar e do cardápio deu uma nova identidade ao lugar que já estava meio caído. Como boa gordinha, não pude deixar de ir conhecer o novo Kharina para saber se foi uma boa mudança ou não. É impossível chegar e não perceber a alteração: todas as mesas foram trocadas, uma espécie de madeira está em todo canto da lanchonete e até o público mudou, de um pessoal mais simples para os “nariz-em-pé” do Batel. O lugar está mais bonito, sem dúvidas.

O cardápio se divide em duas partes: o novo, com sanduíches mais “gourmet” (odeio essa expressão, vide post sobre a Giotto), e o antigo, com os clássicos da lanchonete. As novidades do cardápio incluem porções de frango, de nachos, de batata frita com maionese especial do Kharina e sanduíches com aquele pão meio francês, estilo o do Madero. Já o antigo tem os hambúrgueres mais famosos e alguns sanduíches abertos.

kharina

Eu optei pelo Kharina Cheddar Burger: pão “estilo Madero”, hambúrguer, creme de queijo cheddar, cebola caramelizada e bacon. O bacon é bem fritinho, crocante e saboroso. O cheddar é mais suave que o tradicional, lembra aqueles que vende no mercado junto com o requeijão, com a cor mais clara que o laranja berrante. O destaque ficou por conta da maionese especial com a batata frita, uma delícia!

kharina2

 Já o André escolheu um bem tradicional, o Hard Rock: pão “estilo Madero”, hambúrguer, queijo, alface, tomate e cebola crua. Ele é gostoso, mas por ser um sabor clássico ele não tem nada de extraordinário.

hardrock

Pedimos pra tomar um suco e um chopp (que vem meio congelado). No total, 26 dilmas por pessoa, um preço justo para um ambiente que recuperou sua dignidade.

Serviço 
Kharina
Rua Benjamin Lins, 851, Batel – Curitiba – PR
(41) 3029-1449
Segunda a sexta das 11h às 02h, sexta e sábado das 11h às 06h e domingo das 11h à 1h.

Anúncios

Memphis Hamburgueria: rodízio de hambúrguer

No último final de semana fui ao Memphis Hamburgueria conhecer o rodízio de mini hambúrguer da casa, que acontece nas quintas, sextas e sábados. Além dos mais de 20 sabores, incluindo doces e vegetarianos, o rodízio também tem porções de mandioca, batata e polenta. O preço é bom: R$24,90.

Cheguei lá e fiquei um pouco decepcionada com o ambiente, parecia mais bonito por fora. Comecei com o hambúrguer de cheddar e depois experimentei o de frango com catupiry, pernil com barbecue e mais outros salgados que não vou me lembrar. Na hora de pedir a bebida foi difícil, já que os garçons aparecem muito pouco no espaço do salão em que eu estava.

O rodízio é bom, mas os sanduíches não chegam tão quentinhos e, por serem mini, não conseguem ser tão gostosos quanto um hambúrguer grandão. As porções são boas, mas são muito gordurosas. No tempo em que fiquei lá não veio nenhuma opção vegetariana, e os hambúrgueres doces são uma delícia! Tem um de morango com chocolate que tem um pão cor-de-rosa muito gostoso.

Hambúrguer com recheio de brigadeiro.

Hambúrguer com recheio de brigadeiro.

O rodízio vale a pena para quem tem o apetite grande, preza mais pela quantidade e gosta de variedade, mas confesso que bateu uma invejinha quando passava algum hambúrguer grande perto da mesa (que eu nunca provei, preciso voltar lá). Recomendo também não tomar cerveja com o rodízio, já que a bebida acaba pesando muito no estômago.

Serviço
Memphis Hamburgueria
Rua Brigadeiro Franco 1765- Batel, Curitiba – PR
(41) 3014-3002
De segunda à sexta das 11h30 às 23h e sábado das 17h30 às 23h